Francisco Canindé assume a Secretaria Municipal de Finanças

O servidor público municipal de carreira, Francisco Canindé Dias Alves, está, a partir de hoje (1), à frente da Secretaria Municipal de Finanças (Semf). Ele assume o cargo após o desligamento de Manoel de Moura Neto, que comandou a secretaria no último ano e deixou a pasta para se dedicar a assuntos pessoais.

“Nossa vida é uma roda gigante e nós somos soldados convocados para trabalhar por Teresina. Estou assumindo este compromisso junto à Secretaria Municipal de Finanças e pretendo dar continuidade ao excelente trabalho que foi executado pelo Jalisson e pelo Moura nos últimos anos”, disse Canindé.

Além de servidor público municipal de carreira, Francisco Canindé é bacharel em Informática e mestre em Administração. Já foi superintendente de Desenvolvimento Urbano da zona Leste (SDU-Leste), secretário executivo de Orçamento e Gestão da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) e, por duas vezes, secretário executivo da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humano (Sema). Também foi pró-reitor de Administração da Uespi, é professor universitário e coordenou o programa de qualidade do Ministério do Planejamento no Estado do Piauí. No último ano, estava à frente da Sema.

Arquitetos recebem treinamento para manusear o sistema do Construa Fácil

Os arquitetos vinculados ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Piauí (CAU-PI) participaram hoje (27) de um treinamento, oferecido pela Prefeitura de Teresina, para aprenderem a manusear o novo sistema online que desburocratiza os procedimentos para obtenção de licenciamento de obras civis na Capital – o Construa Fácil.

A ferramenta foi desenvolvida pela Coordenação Especial de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Finanças (Ceti/Semf) em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) e com a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU/Leste), e já está operando, especificamente, para construções de até 500 m² na zona Leste da cidade.

José Maria Vasconcelos, auditor fiscal da Ceti/Semf, explica que, com o Construa Fácil, o arquiteto ou engenheiro responsável pela obra não precisa mais se deslocar até a SDU para dar entrada no processo de licenciamento. “Nesta fase inicial, o Construa Fácil vai intermediar obras de até 500 m² na zona Leste da cidade. Em um segundo momento, vamos liberar mais funções e expandir o sistema para as demais SDUs da cidade”, explica.

Para ter acesso ao sistema, o arquiteto precisa acessar o site http://construafacil.semf.teresina.pi.gov.br/ e informar o seu login e senha. Estes dados são os mesmos que os escritórios de arquitetura e engenharia utilizam para emitir a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFSe). “Os profissionais autônomos, que ainda não possuem estas informações, podem se credenciar como tomador de serviço pessoa física no site da Nota Fiscal (https://www.issdigitalthe.com.br/NotaFiscal/) e seguir o passo a passo. Além disso, os arquitetos devem ativar seus cadastros no CAU-PI, que também está preparado para auxiliá-los neste processo”, destaca Vasconcelos.

Para o presidente do CAU-PI, Wellington Camarço, este é o primeiro passo para uma inovação ainda maior do processo de licenciamento de obras em Teresina. “Mesmo o sistema ainda não oferecendo todas as funcionalidades neste primeiro momento, fomos um dos maiores incentivadores para que o Construa Fácil entrasse logo no ar, pois sua proposta é exatamente melhorar e dar mais agilidade à liberação dos alvarás, que agora passa a ser online, a distância, e nós ganhamos tempo com isso”, avalia.

No dia 30 de agosto, outra turma de arquitetos será apresentada ao Construa Fácil e, conforme a demanda for surgindo, a Secretaria Municipal de Finanças em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Piauí devem abrir novas turmas para treinamento.